Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 26 de março de 2011

Aula Prática de Produção Vegetal I Produçao de mudas em bandejas

 
 A primeira etapa a ser feita foi a desinfecção das bandejas com água sanitária. Depois de desinfectada , realiza-se o umedecimento das bandejas para logo após adicionar os substratos, no qual foram Utilizados : palha de arroz carbonizada, resíduos da palha de café, solo e substrato comercial Vivato .
 Após colocado os substratos nas bandejas foi efetuado leve agitação para a acomodação dos substratos, verificando se não houvesse a necessidade de adicionar mais substratos.
 Já com os Substratos nas bandejas , utilizando um objeto pontiagudo foi efetuado orifícios nos substratos de cada célula, com o cuidado para não efetuar orifícios profundos.
 Em cada orifício foi adicionado de Três a quatro sementes de Alface Simpson ( utilizado na pesquisa ) e logo após fechando os orifícios , cobrindo-os com substrato, a próxima etapa foi a realização da rega , com um volume baixo de água para não deixar as sementes expostas. 
 Após 10 a 15 dias da emergência das plantulas será realizado o Desbaste .
                         

                      TÉCNICOS EM AGROPECUÁRIA
              
Editado Por Jean Carlos -  26 de Março de 2011        

quarta-feira, 9 de março de 2011

Embrapa divulga demandas de software para agronegócio

O Portal da Tecnologia da Informação para o Agronegócio (www.swagro.cnptia.embrapa.br) acaba de publicar as principais necessidades e oportunidades de desenvolvimento para o mercado de software agropecuário. As chamadas “demandas prospectivas” relacionam mais de 60 tipos de programas com potenciais aplicações para o agronegócio num cenário estimado até 2023. As informações são resultado do projeto “Estudo do Mercado Brasileiro de Software para o Agronegócio”, coordenado pela Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP), unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Além de traçar um panorama sobre a oferta de software para o setor, o estudo busca orientar o mercado desenvolvedor sobre a carência de tecnologia da informação aplicada à agricultura.
As demandas identificadas estão distribuídas em sete grandes áreas de aplicação: agroenergia; agricultura, mudanças climáticas e uso sustentável de recursos naturais; sanidade agropecuária, segurança alimentar e do alimento; agregação de valor a processos e produtos de origem vegetal e animal; aquicultura e desenvolvimento de recursos pesqueiros; zoneamento, monitoramento territorial e recuperação de áreas degradadas; e tecnologias avançadas para o agronegócio, como automação, biotecnologia, nanotecnologia, sistemas de informação e transformação agroindustrial.
Os pesquisadores Eduardo Delgado Assad, da Embrapa Informática Agropecuária e Paulo Estevão Cruvinel, da Embrapa Instrumentação (São Carlos, SP), que coordenaram os estudos sobre cenários, prospecção e oportunidades para o mercado de software rural, destacam que as soluções tecnológicas futuras vão estar associadas à maior capacidade de processamento, memória e de comunicação, além de mais eficiência computacional.
Por isso, é importante considerar plataformas que estejam relacionadas principalmente ao desenvolvimento de software para sistemas de informação, incluindo a web e os recursos interativos de multimídia; sistemas de computação científica; computação gráfica e processamento de imagens; sistemas de automação e controle digital; sistemas embarcados críticos e modelagem computacional complexa.
Com o avanço das técnicas de inteligência artificial, ampliam-se as alternativas para o desenvolvimento de interfaces mais realistas e interessantes para o usuário, como a criação de ambientes que permitem diferentes formas de interações e promovem maior dinamicidade, realismo e usabilidade. Na visão dos pesquisadores, essas aplicações podem ser empregadas, por exemplo, na simulação de espaços rurais para controle do manejo de rebanhos, população de plantas, gestão e adequação de infraestrutura, logística, alertas de riscos e perigos, entre outros.
No portal também estão disponíveis análises sobre o mercado de oferta de software agropecuário e um levantamento dos produtos desenvolvidos pela Embrapa e por empresas privadas, distribuídos por categorias como administração, controle agropecuário, cultivo vegetal e manejo animal.


Nadir Rodrigues (MTb/SP 26.948)
Embrapa Informática Agropecuária

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Teclas de Atalho do PowerPoint

Segue uma lista de algumas teclas de atalho presentes no PowerPoint. Elas facilitam a criação de apresentações e tornam a atividade mais rápida. optei por colocar as mais práticas e usuais.

CTRL+O (Cria uma nova apresentação)


CTRL+M (Insere um novo Slide)

CTRL+D (Duplica o Slide atualmente selecionado)

CTRL+A (Abre a janela para selecionar uma apresentação)

CTRL+W (Fecha a apresentação atual, mas mantém o PowerPoint aberto)

CTRL+P (Imprime a apresentação atual)

CTRL+B (Salva a apresentação atual)

F12 (Abre a janela "Salvar Como")

F5 (Inicia uma apresentação, Slideshow)

SHIFT+F5 (Inicia a apresentação a partir do Slide atualmente selecionado)

ALT+F4 (Encerra o PowerPoint)

CTRL+L (Localizar)

CTRL+U (Localizar e Substituir)

CTRL+K (Insere um Hiperlink)

F7 (Verificação Ortográfica)

ESC (Cancela uma ação)

CTRL+Z (Desfaz uma ação)
    
CTRL+Y ou F4 (Refaz uma ação)

F6 (Navegar entre os painéis, ordem sequencial)
    

SHIFT+F6 (Navegar entre os painéis, ordem contrária ao F6)

Bem, aí está uma boa lista para começar a praticar.